Archive | dezembro, 2009

Natal, Perus e EXTREMO NORTE….

24 dez

"Eu lustro as bolas antes de colocar na árvore meu amor!"....tenso!

AHHHHHHHHHH O NATAL!!! Época mágica, tempo de felicidade, esperança, comidas que lhe engordam em uma velocidade absurda, e o mais importante, dar! Dar, dar, dar muito!(Nóooooffa) E não receber nada em troca meus caros!

No passado (pelo menos no meu) natal era uma época extremamente pimpona. Toda á família reunida, parentes que nunca havia visto na vida me abraçando até a proximidade de um edema pulmonar, muitos presentes que não tinham serventia alguma e outros que faziam os olhos brilharem; mas no fundo mesmo o que importava era o fato de todos estarem juntos ali, só para curtir a companhia um do outro.

Agora o natal é um dia, como posso dizer?!….”Calmo”, um dia para se empanturrar de comida e fazer piadas sobre: Perus, bolas, batatas, rabanadas, sacos, coelhos, ovos…e coisas assim.

Fugindo um pouco do assunto (mas nem tanto).

Natal é uma “historia” que originalmente era sobre, um menino que nasceu em um estábulo, reis “magos” que levaram “incenso”, perfume e mais alguma coisa que não me recordo no momento. Até ai tudo bem, mas…

Quem em sã consciência dá perfume e incenso á um recém nascido??? Não querendo ser desrespeitoso, de modo algum, mas, fraldas mesmo que feitas de capim limão seriam bem úteis.

O outro lado da “historia” fala sobre um bom senhor que mora no extremo Norte do planeta, tem um fábrica de brinquedos com “elfos” trabalhando nela, e uma incomum fixação por glicose.

Vamos aos fatos:

1º Papai Noel: Um senhor de idade cujo nome é Santa Claus (também conhecido como Papai Noel, ou velho do saco em suas férias), mora no EXTREMO NORTE do planeta Terra, com sua mulher e um bando de “elfos”. O cara mora no meio do nada, no frio, sustenta uma mulher, uma fábrica de brinquedos (made in china) e uma quantidade razoável de anões. Palmas para ele! *clap*

2º A fábrica de brinquedos: Well…normal, uma fábrica de brinquedos, tá, tudo bem (agora).

Se não fosse pelo fato de ser no EXTREMO NORTE do planeta!!! PORQUE SENHOR? PORQUE?!

Além de ser idoso e diabético, ele realmente tinha que construir uma fábrica no meio do EXTREMO NORTE??!! E o mais misterioso de onde vem os materiais para fazer os brinquedos? Hmmm estranho….

3º “Elfos”: Seres de estatura baixa se considerado a humanos, trabalham somente por sua boa vontade, nada de mal nisso é claro, mas acho que deveriam ser mais valorizados. Palmas para os Elfos que trabalham incansavelmente e sem receber nada em troca. *Clap*

4º RENAS VOADORAS!!!!! : Não confunda com Voadora de Rena, o que pode ser uma rena que luta kung fu ou que faz tatuagens temporárias. São Renas (Não Veados. RENAS!) que tem poderes mágicos e voam sem motivo aparente. Também são um tanto exploradas pelo senhor do saco grande. Palmas para esses seres mágicos que poderiam estar voando livremente pelo mundo sem encheção de saco (HÁ! Saco? Piadenhaaa!!! HAAA!!!). *Clap*

Well …terminarei por aqui, porque falta 20 min para o natal (sim, não tenho vida social) e só quero desejar a todos um ::: MERRY FREAKING XMASSSS!!!!!!!!!!!!!!!!! \O/

Ps: JINGLE BELLS, JINGLE BELLS, JINGLE BELLS ROCK, JINGLE BELL SWING AND JINGLE BELL RING…..

Ps²: Happy BirthDay Jesus!

Ps³: FELIZ NATAAAAAAAAAAALLLLL!!!!!!!!!!! \O/\O/

Eventos, Bigodes e Frutas de Pelúcia…

15 dez

"Esse é o Pyo, também conhecido como Eu em pelúcia"

Well…Primeiramente peço desculpas por “abandonar” o blog, como todos sabem sou MUITO preguiçoso, e a já citada preguiça não me deixava escrever…. Sem mais encheção de salame, vamos às boas novas.

Esse final de semana que se passou, mais especificamente, Sábado dia 12/12/09 (segundo o calendário cristão) foi um dia muito peculiar, alegre, contente e fofinho, ou seja, um dia muito pimpão.

Ai vocês perguntam: “Tio Tomatte o que pode ter acontecido que o deixou tão feliz e contente? Está sob o efeito de “dorgas” pesadas?”

E eu respondo meus caros homo sapiens, nesse dia já citado ocorreu o evento mais esperado do ano, também conhecido como “Anime Family”.

Para que não faz a mínima idéia do que o vegetal aqui está falando, eu explico.

Anime Family é um dos muitos (sim existem MUITOS, muitos mesmo) eventos sobre “animes” e cultura japonesa em geral, pode ser considerada uma confraternização bem consumista, pois lá o que chamamos de “Okane” (grana, mufunfa, dinheiro, capim…) se esvaia em uma velocidade impressionante, seja com comida ou “acessórios”.

De volta as minhas aventuras. Pegamos o metrô bem cedo e chegamos lá por volta dás 10h ou 11h (da manhã é claro) e em seguida saímos em uma jornada para chegar à “Terra Prometida”,  andamos por volta de 30min com um pequena parada para “encher o bucho”, o que me levou a conclusão de que devíamos ter pego um ônibus até o local; foi realmente uma caminhada muito cansativa.

Chegando ao local propriamente dito, nos deparamos com uma fila que deixaria o “INSS” com inveja, era realmente muito grande (ui), mas como sempre amigos conhecem amigos e assim fomos avançando até metade da fila, alguns chamariam de “furar fila”, eu chamo de ”atalho burguês” (Por quê? Vai saber né…).

A fila é sempre um caso a parte, muitas pessoas gritando, dançando, morrendo no intenso calor do “Hell de Janeiro”, algumas com armas brancas e algumas levemente alcoolizadas. Depois de mais ou menos 3h em pé e quase entrando em coma “induzido”, conseguimos adentrar ao “Maravilho Mundo da Fantasia” (noffa). Ah! O que me fez lembrar que no meio do caminho tenho quase certeza que vi a entrada para Narnia, mas isso não vem ao caso.

A primeira impressão ao entrar foi: “Nossa! Que cheiro de comida!”

Pois pela primeira vez (eu acho) tinha uma pequena praça de alimentação perto da entrada, os preços eram bem absurdos, mas o cheiro era divino *-*.

Como sempre estava bem cheio, muitos cosplayers passando pra lá e pra cá, os estandes estavam muito bons e cheios de novidades. A única coisa que evitou de ser um evento perfeito foi a falta de atrações mais organizadas, claro tem shows, salas temáticas, mas fica uma sensação de que essas atrações são meio abandonadas ou deixadas de lado.

No geral foi um ótimo evento, fizemos “semi-cosplay” de Mario, Mario e Wario (Eu, Lu e Lu).

Na volta do evento foi bem interessante, pois como todos sabem, eu perdi toda a noção de vergonha na cara que me restava, e saindo de lá simplesmente não tirei o “cosplay”, na rua foram muitos olhares de “Oh! Que menino retardado” e “Oh! O Mario!”, mas na verdade todos estavam com inveja do meu bigode =D.

Foi um dia muito “lekal”, e aprendi que um bigode bem cuidado seduz qualquer ser vivo. Então fica a dica, quer ser popular com as humanas? Cultive um belo bigode e será o rei! Fikdik 😉

Ps: Os seguintes “ps’s” foram adicionados cerca de 5h depois do post o..o”

Ps²: Eeeee memória boa ¬¬”

Ps³: Que Mario?

%d blogueiros gostam disto: