Arquivo | junho, 2010

Casa do Lan, Video games velhos e transportes publicos…

26 jun

" Os sempre imponentes, Pinguins Africanos! "

“I WALK ON SUNSHINE WOOOOOOOO OOOOOOO!!! (8)”

Well, Boa noite crianças (ou dia depende da hora que você acessar…anyway…).

Neste exato momento são 23:31, eu to cheio de sono, mas mesmo assim resolvi escrever aqui, engraçado que sempre faço posts a essa hora sabe-se lá o porque…

Me desculpem por não estar postando com freqüência (coisa que já não acontecia), mas sabem como é, preguiça, falta de inspiração ou novidades, coisas….muitas coisas….

Bem, esses dias estava eu, me lembrando-me de coisas randômicas e me veio a mente falar sobre Lan-Houses, também conhecidas como Casa do Lan.

Tenho pouca experiência na Casa do Lan, fui muito poucas vezes na minha vida. De certo já estudei com pessoas que faltavam meses a instituição de ensino para ir visitar o Lan.

O sucesso dessas casas começou mesmo logo após o termino das casas de videogames, foi uma coisa bem estranha, em um dia estava eu todo feliz, contente e pimpão, jogando Mario 64 e no outro dia já não haviam mais vídeo games, claro que é só um modo de falar, mas foi um processo consideravelmente rápido.

No meio dos SNES, Nintendo 64, PS1 e até mesmo Dreamcast surge o famigerado PS2. E foi exatamente nessa época que o boom das Casas de Lan começaram, Tvs gigantes, PS2 e computadores, e assim foi indo até que só sobraram os Pcs que davam a possibilidade de jogar com qualquer viciado (n00b) de qualquer parte do planeta.

Ammm, to meio sem idéias do que escrever…

Ah, Ônibus!

Ônibus são uma praga necessária em nossas vidas, é de longe um dos piores meios de transportes já feitos por Jesus.

Faça uma experiência, acorde 5hs da manhã, se arrume e vá pegar um ônibus da Pavuna ao Fundão ás 6hs. Não é uma coisa agradável, na verdade nem perto disso, e é exatamente o que eu enfrento todo dia (excluso finais de semana). Há momento em que realmente você não precisa se segurar, porque não há pra onde cair na verdade.

Você fica realmente colado em pessoas desconhecidas e com o balançar da “carruagem” rola meio que um ato sexual (-n), então menininhas com fogo na Josefa, já tem desculpa para uma gravidez juvenil (fikdik). No ônibus mais atuais há a ausência de trocador, deixando o trabalho para o motorista, que por sinal é uma classe muito injustiçada, todo e qualquer problema que acontece em relação ao ônibus tem a culpa jogada automaticamente para o motorista, seja um pequeno atraso ou uma batida violenta com explosões e mortes de pingüins africanos, a culpa é do “piloto”.

Bem, esse foi um post rápido só pra não deixar parado, depois faço um melhor, bai bai kids =*

Ps:Wut?

Ps²: e a vida tende a melhorar….

Ps³: Eu AMO pinguins!

Bandas Alemãs, Profissões Frustrantes e Pessoas Comuns…

5 jun

" Till, vocalista do Hamster "

Ricota…é queijo?

Well….De volta novamente estou de novo (redundância?)

Hoje me dei conta de que quero um animal pequeno, tipo um hamster ou uma tartaruga ou um boto…

Até agora só achei hamsters a venda.

Pra que não sabe, hamster é um tipo de rato misturado com porco da índia e glucose, colocado em uma prensa industrial e depois em uma secadora para adquirir a pelagem.

Neste exato momento que lhes escrevo, está passando Jason (eu acho).

É um filme bem sangrento, mas para mim não pode ser considerado terror. O Maximo de susto que você vai levar num filme desses é perceber quem tem 2h de duração.

Uma coisa que percebi é que os enredos de todos os filmes do gênero são completamente iguais!!!

Sempre é um grupo de pessoas em um lugar (cidade normalmente)deserto e por algum motivo esdrúxulo como um carro quebrado, ficam presos nesse lugar.

Eu não sei como e ao menos porque, sempre tem alguém “remexendo a paçoca no açoite” em alguma parte do filme, acho que é para prender a atenção das pessoas.

Ai, do nada (do nada mesmo) aparece um psicopata (de sexualidade duvidosa) e começa a matar todo mundo!

Tipo, tudo bem filme de “terror” e panz.

Mas, porque diabos aparece um cara pra matar todo mundo sem motivo? Tá certo que eles contam a história do motherfucker, mas mesmo assim, não me convence….

O que não quer dizer que eu não goste de violência. Muito pelo contrario, adoro SAW, esse sim um filme decente. (Y)

Atualmente não tenho feito muita coisa de interessante (não que eu já tenha feito alguma vez), só o básico mesmo.

Ah! Me lembrei de algo.

A alguns dias atrás fui chamado para uma “dinâmica de grupo”. Previamente havia feito uma prova para um trabalho, como aparentemente passei na prova fui chamado.

Começaremos do começo.

Um belo dia estava eu na “escola” e recebi uma ligação (que estava péssima por sinal), me chamando para a tal dinâmica.

Vi o buzão e fui para o centro (do rio, não de macumba).

Chegando lá, haviam muitas pessoas, tipo umas 20 ou mais.

Ficamos um tempo esperando e fomos encaminhados para uma sala.

Haviam duas mulheres já na sala, e logo após entraram mais 4. Uma foi a ligou para todos que lá estavam. O que posso dizer sobre ela é que aparentava ser bem nova, como uns 17 anos e um rosto bem suave e doce, mas com certeza devia ter mais idade e malicia do que aparentára. Explicou-nos a proposta de trabalho e se retirou.

Ficaram 5 mulheres na sala, duas de uma empresa e as outras 3 de outra, uma delas parecia uma passista de escola de samba, o que me deixou com MUITO medo. Pra que não sabe, tenho medo de mulheres altas e grandes, e peixes que mamam.

Passada a enrolação. Mais enrolação.

Começaram as apresentações, seu nome/idade/endereço, porque a empresa deve lhe contratar, porque você que entrar nessa área. Ou seja coisas estúpidas (para mim é claro). Muita falação.

Até que chegou em minha vez.

Falei de minhas escolhas um tanto randômicas, o fato de ter sido professor de informática (é eu sei…) e estudar japonês na escola, deixou a “platéia” um tanto abismada eu diria.

Tudo muito bom, tudo muito bem.

Em seguida nos passaram a tarefa de se dividir em grupos e cada um (grupo) criar um produto fictício.

Ao todo ficaram 4 grupos contando com o meu.

Nosso grupo criou uma escova/prancha com bateria de lítio e aplicação automatizada de creme. (é… foi idéia de um deles)

Um criou uma TV com câmera e transmissão de odores. O outro um celular com 4 chips (função que já existe) e capacidade holográfica (O.o). Já o ultimo criou um fogão com timer (Originalidade?).

Fizemos nossas apresentações (bem escrotas por sinal) fomos avaliados e a “moças” se retiram pra discutir como ia ficar a situação. Estou falando assim por alto, mas todo esse processo durou umas 5hs.

No fim, não fui selecionado (nossa, que surpresa ¬¬”) e fui para casa bem frustrado.

Fatos (Moral da história):

“Pessoas comuns são MUITO estranhas, tem reações altamente forçadas, desde uma risada até o simples ato de respirar.”

“Telemarketing é ridículo, mas eu preciso de grana…”

“Eu não posso agradar todo mundo, eu juro que tento…”

“Sorrisos falsos não demonstram felicidade, mas sim a tristeza que os corroe.”

Ps: Coisas, muitas coisas…

Ps²: Todos Egipcios eram eunucos?

Ps³: Ich hätte Lust mit großen Tieren

%d blogueiros gostam disto: