Tag Archives: tags inuteis

Casa do Lan, Video games velhos e transportes publicos…

26 jun

" Os sempre imponentes, Pinguins Africanos! "

“I WALK ON SUNSHINE WOOOOOOOO OOOOOOO!!! (8)”

Well, Boa noite crianças (ou dia depende da hora que você acessar…anyway…).

Neste exato momento são 23:31, eu to cheio de sono, mas mesmo assim resolvi escrever aqui, engraçado que sempre faço posts a essa hora sabe-se lá o porque…

Me desculpem por não estar postando com freqüência (coisa que já não acontecia), mas sabem como é, preguiça, falta de inspiração ou novidades, coisas….muitas coisas….

Bem, esses dias estava eu, me lembrando-me de coisas randômicas e me veio a mente falar sobre Lan-Houses, também conhecidas como Casa do Lan.

Tenho pouca experiência na Casa do Lan, fui muito poucas vezes na minha vida. De certo já estudei com pessoas que faltavam meses a instituição de ensino para ir visitar o Lan.

O sucesso dessas casas começou mesmo logo após o termino das casas de videogames, foi uma coisa bem estranha, em um dia estava eu todo feliz, contente e pimpão, jogando Mario 64 e no outro dia já não haviam mais vídeo games, claro que é só um modo de falar, mas foi um processo consideravelmente rápido.

No meio dos SNES, Nintendo 64, PS1 e até mesmo Dreamcast surge o famigerado PS2. E foi exatamente nessa época que o boom das Casas de Lan começaram, Tvs gigantes, PS2 e computadores, e assim foi indo até que só sobraram os Pcs que davam a possibilidade de jogar com qualquer viciado (n00b) de qualquer parte do planeta.

Ammm, to meio sem idéias do que escrever…

Ah, Ônibus!

Ônibus são uma praga necessária em nossas vidas, é de longe um dos piores meios de transportes já feitos por Jesus.

Faça uma experiência, acorde 5hs da manhã, se arrume e vá pegar um ônibus da Pavuna ao Fundão ás 6hs. Não é uma coisa agradável, na verdade nem perto disso, e é exatamente o que eu enfrento todo dia (excluso finais de semana). Há momento em que realmente você não precisa se segurar, porque não há pra onde cair na verdade.

Você fica realmente colado em pessoas desconhecidas e com o balançar da “carruagem” rola meio que um ato sexual (-n), então menininhas com fogo na Josefa, já tem desculpa para uma gravidez juvenil (fikdik). No ônibus mais atuais há a ausência de trocador, deixando o trabalho para o motorista, que por sinal é uma classe muito injustiçada, todo e qualquer problema que acontece em relação ao ônibus tem a culpa jogada automaticamente para o motorista, seja um pequeno atraso ou uma batida violenta com explosões e mortes de pingüins africanos, a culpa é do “piloto”.

Bem, esse foi um post rápido só pra não deixar parado, depois faço um melhor, bai bai kids =*

Ps:Wut?

Ps²: e a vida tende a melhorar….

Ps³: Eu AMO pinguins!

Anúncios

Excesso de Água, Ócio³ e Clandestinidade…

27 abr

" Av. Brasil "

 

“Talves seja só fome….”

Well…..Dias e mais dias se passaram até a data de hoje, muitas coisas rolaram, mas apesar de todas as novidades, o ócio continua a me dominar! Como pode alguém ocupado, ficar a toa?

Por incrível que pareça eu consigo!

Anyway….Recentemente (Não), teve um mini-diluvio que inundou (dã) o estado praticamente inteiro, e pra variar estava lá eu, o ser que vos fala para participar do fenômeno “natural”.

Tudo começou mais ou menos assim:

Acordei ás 4:30h AM, que o meu novo horário por causa da “escola” (não gosto de falar facul/faculdade, however…), banho, café e trocar de roupa foram as ações seguintes. Estava á chover absurdamente, minha progenitora preocupa resolveu me acompanhar até o ponto (não, não me prostituo…..ainda), como já dito estava chovendo forte, mas como meu semancol é extremamente baixo resolvi prosseguir.

O que foi um grande erro meu, já foi difícil só atravessar a rua para pegar o ônibus, imagine então chegar ao destino,  esperamos cerca de uns 5min e ônibus chegou.

Minha “mamãe” genial como sempre foi teve a brilhante idéia de me acompanhar para aproveitar e conhecer a “escola”, mal sabia eu que aquele foi meu maior momento de sorte, o porquê veremos mais a frente.

Já dentro do ônibus lotado como sempre, naquele dia estava ainda mais pelo fator aquático.

Por volta de 40 ou 30min, já havia parado a chuva e o transito parecia normal, até chegar à famosa Av. Brasil, o lugarzinho fi duma égua mano!

Chegando lá o transito simplesmente parou completamente, nada se movia, absolutamente nada, o “buzão” já em uma temperatura insuportável, fez com que algumas pessoas começassem a descer.

Já não agüentando mais retruquei para minha “Madre” :

– NUM AGUENTO MAAAAAISSSS!!!!!! Vamo descer e voltar pra casa u_u”  (sinta o desespero da criatura…)

Tudo certo.Descemos.

O único probleminha era que, como nenhum ônibus ia para frente, também não havia nenhum voltando, os poucos que passavam eram para lugares longínquos e desconhecidos, como Tangamandápio, Nova Iguaçu, entre outros…

Para melhorar tudo não fazíamos a mínima idéia de onde estávamos, só víamos  duas pistas de ônibus uma vazia e outra parada de um lado mato e acostamento, do outro casas altas, suspeitas e levemente hostis.

Passados uns 30min andando para lá e para cá pensando no que fazer, “resolvemos” (madre) seguir em enfrente e arrumar alguma condução mesmo que fosse para um lugar longínquo, vimos pessoas pegando até mesmo carona com caminhões de carga.

Continuamos andando, até que pouco mais a frente havia uma Van, não do tipo de passageiros, mas sim de cargas leves, totalmente fechada e sem bancos.

Nos aproximamos para ver o que rolava, e um gentil senhor estava indo para Madureira (para quem não sabe fica na divisa do RJ e SP  rçrç), pensamos : – Porque não?!

E fomos assim mesmo como típicos imigrantes mexicanos provindos da Colômbia, apertados num ambiente completamente fechado, sem bancos, ou seja : TAVA F#DA!!

Thank God, apesar de todas as baldeações, conseguimos voltar para casa sãos (eu não) e salvos!

Acho que tenho mais coisa para falar mas to com sono então…..Té mais! Luv u guys! ❤

 Ps: O Texto não está engraçado =/

Ps²: Não sou comediante (Y)

Ps³: Orra que sono o.õ

%d blogueiros gostam disto: